Seguidores

terça-feira, 20 de março de 2012

Marlon Santos - Responde

3 comentários:

  1. achei muito legal sua atitude,apesar de não conhece-lo ja ouvi falar muito de vc..com a graça de deus aida irrei conhece-lo e que deus continua abençoando vc por ser esse ser tão iluminado..parabens....que deus o ilumine sempre..abraços

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, gostaria que me apresentasse a sua opinião sobre o piso do magistério, já que o nome do senhor está na lista dos que votaram contra. Vale lembrar que o salário do senhor gira em torno de 17 mil reais, e o dos professores menos de 1.400. Gostaria de saber também se o senhor coloca sua carreira política individual sobre toda a classe dos professores, sou acadêmico do curso de história da FAPA, me formo esse ano e sinto muita pena de ver nossos representantes historicamente cometerem os mesmos erros, não desisto de minha carreira por acreditar na mudança, se o você não acredita mais desista da sua. Aguardo retorno, obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Caro amigo Marlon.
    È difícil que as pessoas entendam tua atividade de médium e político, uma vez que há médiuns que se dedicam 100% ao trabalho mediúnico (Francisco C. Xavier, ...), outros tem suas atividades normais e a exercem conjuntamente com o mediúnico, outros que usam sua capacidade mediúnica para fins lucrativos, e ainda, tantos outros que nem sabem que são médiuns.
    Mesmo porque para um entendimento maior, seria necessário que tivéssemos conhecimento da vida espiritual e, da ação desta em nossas existências.
    Allan Kardec que não era médium, em um determinado momento de seu trabalho (elaboração da Doutrina Espírita), questionou os mentores espirituais para abandonar seus trabalhos que exercia ( professor ) na época, para se dedicar exclusivamente ao trabalho maior, que era a elaboração da Doutrina, mas foi-lhe comunicado que deveria permanecer em seus dois empregos e prosseguir seu trabalho.
    Podemos daqui tirar alguns ensinamentos:
    Primeiro que não precisamos ser médium para executar uma grande obra em prol da humanidade. Precisamos sim estar preparados e ter o merecimento.
    Segundo, os médiuns são pessoas absolutamente normais como qualquer simples mortal aqui da terra. Existem médiuns em todas as camadas da sociedade. Sem contar que TODOS NOS SOMOS MÉDIUNS
    Qualquer um de nos pode pedir assistência aos espíritos, mas devemos o fazer com responsabilidade e conhecimento, sobre tudo ter a consciência que nada acontece sem a permissão de DEUS.
    Te agradeço Marlon pelo trabalho que faz parte aos sábados em Cachoeira do Sul, pois foi por intermédio dele que descobri a vida espiritual. Como incrédulo que fui a Cachoeira do Sul ver de perto, teu trabalho (sempre fui como São Tomé, só acredito vendo.) Como bom materialista o que me atraiu foi o fato de não cobrar nada por tua assistência, depois vi e acreditei que algo superior ali se passava, que fugia de tudo que aprendi até aquele momento, embora tinha alguma intuição.
    Hoje frequento o Centro Espírita Chico Xavier em POA, já li todas obras básicas e outros livros. Em toda a minha vida (54 anos) li não mais de 5 ou 6 livros, agora em um ano já li mais de 10. Estou me esforçando para melhorar, não é fácil, ainda tenho muitas duvidas, mas também outras tantas certezas que me ajudaram a elucidá-las .
    Marlon, que o Criador te ilumine e abençoe enviando sempre os Espíritos Superiores em tua assistência.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir